Vai Acontecer:

Fique ligado no que vem por aí:

Curso de Paternidade Responsável

“A Igreja ensina que os filhos são a maior riqueza do casal. O mundo todo não vale tanto quanto uma vida humana, amada por Deus e criada à Sua “imagem e semelhança” (Gn 1,26). O nosso Catecismo diz que: “Os filhos são o dom mais excelente do Matrimônio e constituem um benefício máximo para os próprios pais” (§ 2378).

Uma vez que os filhos são uma bênção, o casal deve gerá-los à medida que puder também educá-los. Isso é uma missão, não é facultativo. Isto é, se um casal tem condições de educar bem um certo número de filhos, não deve ter menos. Contudo, se não tiver condições de criar bem, por exemplo, três, então que pare no segundo.”

E como planejar sem os métodos de contracepção?!? A Igreja nos permite o uso de métodos naturais! Um deles e com 97% eficaz é o Método Billings.

Vale a pena conhecer!


Data: 23/10/2016 a partir das 08:00hs.
Vai ser em Cordeiro RJ - Salão Diácono Celso
 

Aconteceu:

Acompanhe em multimidia tudo o que tem marcado nossa Comunidade:
Confira todos os Eventos

Agenda Semanal:

  • Agenda da Paróquia
  • Agenda do Vicariato

  • Segunda: Grupo de Oração da RCC às 19:30 na Matriz.
  • Terça: II Módulo de Formação dos Ministros - 19h. Encontro do Grupo de Oração NAUS às 19:30 no centro de formação.
  • Quarta: Missa às 19:00.
    Grupo do T.L.C. às 20:00 no Centro de Formação.
  • Quinta: Adoração ao Santíssimo Sacramento a partir das 08:00 na Igreja Matriz e Benção do Santíssimo às 18:30, seguida de Missa, logo após, encontro da Pastoral Familiar.
  • Sexta: Encontro da Pastoral da Sobriedade às 20:00 no Centro de Formação.
  • Sábado: Missa às 17:00 na Capela Nossa Senhora Aparecida. Missa às 19:00 na Capela Nossa Senhora da Paz e às 19:30 Encontro do Grupo de Jovem no Centro de Formação.
  • Domingo: Missa às 08h (Matriz), às 10h (Capela Santo Antônio) e às 19:00h (Matriz).

Avisos e Datas Especiais:

Dízimo:

%

Referente ao mês de Agosto

Vídeos de Formação

Confira em vídeos as Homilias das Missas e as Formações Paroquiais...
Verbum Domini 25/maio/2016
Meditação 23/mar/2016
Meditação 21/mar/2016
Meditação 18/mar/2016
Veja mais vídeos

LITURGIA DIÁRIA:



Leia a Liturgia

Papa: não fechar as portas ao Espírito Santo

“Quem somos nós para fechar as portas” ao Espírito Santo? Esta foi a pergunta que o Papa Francisco fez várias vezes na homilia da missa matutina, presidida na Casa Santa Marta.
O Papa falou sobre a conversão dos primeiros pagãos ao cristianismo, segundo a experiência que Simão Pedro vive no trecho dos Atos dos Apóstolos proposto pela liturgia.
Pedro é testemunha ocular da descida do Espírito Santo sobre esta comunidade, mas antes hesita em ter contato com aquilo que sempre considerou “impuro”. Ele sofre duras críticas dos cristãos de Jerusalém, escandalizados pelo fato que seu chefe tivesse se sentado à mesa com pessoas “não circuncisas” e as tivesse até mesmo batizadas. Um momento de crise interna, que o Papa Francisco recorda com um pouco de ironia:
“É uma coisa que não se podia pensar. Se amanhã viesse uma expedição de marcianos, por exemplo, e alguns deles viessem a ter conosco... marcianos, não? Verdes, com aquele nariz longo e as orelhas grandes, como nos desenhos das crianças... E um deles dissesse: ‘Mas eu quero o Batismo!’. O que aconteceria?”
Pedro compreende o erro quando uma visão o ilumina sobre uma verdade fundamental: aquilo que foi purificado por Deus não pode ser chamado “profano” por ninguém. E ao narrar esses fatos à multidão que o critica, o Apóstolo – recordou o Papa – tranquiliza todos com esta afirmação: “Portanto, se Deus lhes concedeu o mesmo dom que a nós, que cremos no Senhor Jesus Cristo, quem seria eu para poder impedir a Deus de agir?”.
“Quando o Senhor nos faz ver o caminho, quem somos nós para dizer: ‘Não Senhor, não é prudente! Não, façamos de outro modo… E Pedro naquela primeira diocese – a primeira diocese foi Antioquia – toma esta decisão: ‘Quem sou eu para impedir?’. Uma bela palavra para os bispos, para os sacerdotes e também para os cristãos. Mas quem somos nós para fechar as portas? Na Igreja antiga, até hoje, há o ministério do ostiário. E o que ele fazia? Abria a porta, recebia as pessoas e as deixava entrar. Mas jamais foi o ministério de quem fecha as portas, jamais!”.
Ainda hoje, repetiu o Papa Francisco, Deus deixou a guia da Igreja “nas mãos do Espírito Santo”. “É ele quem, como diz Cristo, nos ensinará tudo e fará com que recordemos aquilo que Jesus nos ensinou:
“O Espirito Santo é a presença viva de Deus na Igreja. É quem leva avante a Igreja, quem a faz caminhar. Sempre mais, além dos limites, mais avante. Com os seus dons, o Espírito Santo guia a Igreja. Não se pode entender a Igreja de Jesus sem este Paraclito, que o Senhor nos envia para isso. E faz essas escolhas impensáveis, mas impensáveis! Para usar uma palavra de S. João XXIII: é justamente o Espírito Santo que atualiza a Igreja: realmente, a atualiza e a faz prosseguir. E nós cristãos devemos pedir ao Senhor a graça da docilidade ao Espírito Santo. A docilidade a este Espirito, que nos fala no coração, nos fala nas circunstâncias da vida, nos fala na vida eclesial, nas comunidades cristãs, nos fala sempre”.

Crédito: Papa Francisco
Fonte: http://www.news.va/pt/news/papa-o-espirito-santo-sempre-impulsiona-a-igreja-a


Veja mais artigos

Receba tudo sobre a paróquia Cadastre seu E-Mail: